Os Artistas

Carol Panesi trio

CAROL PANESI – Vencedora do Prêmio Profissionais da Música – PPM 2019  como Autora e Instrumentista Feminino, vencedora do Prêmio MIMO Instrumental 2018, a multi-instrumentista carioca Carol Panesi tem como formação a música universal difundida pelo Hermeto Pascoal.

Foi integrante por 13 anos do “Itiberê Zwarg & Grupo”, antiga “Itiberê Orquestra Família” e com esses projetos viajou por vários lugares do Brasil e do estrangeiro, tendo gravado 3 álbuns e 1 DVD como trompetista, violinista e pianista.

Integra o Quarteto Iapó, onde assina a direção musical e arranjos.

Lançou seu primeiro álbum autoral “Primeiras Impressões” em 2018, e 2019 o segundo álbum “Em Expansão”, ambos com o Carol Panesi & Grupo.

Em fevereiro de 2021 lançou seu terceiro álbum, o EP “Carol Panesi e Eleva Big Band” (Córdoba – Argentina), contemplado pelo projeto Ibermúsicas e FUNARTE e em junho do mesmo ano lançou seu quarto álbum “Arte é Oração”, em duo com o guitarrista Fabio Leal.

A musicalidade desta multi-instrumentista se destaca pela capacidade de fazer soar as nuances dos mais variados contextos por onde ela transita.  Ao violino, piano ou trompete, a música é o farol que guia Carol.

FÁBIO LEAL – Começou os estudos aos 14 anos de idade e desde o começo teve como inspiração o jazz e a música brasileira. Em 2000 forma o grupo Mente Clara, que é conhecido pelas suas composições ricas em ritmos e harmonias e decorrer da sua carreira gravou cinco Cds , todos com arranjos e composições  próprias.

Tocou em importantes festivais de Jazz  Internacionais como o jazz a La Calle do Uruguay e no Havana jazz Festival de CUBA.

Em  2015 é selecionado pelo Edital SESI com o projeto “Ideias sobre Música Brasileira” com o duo Fábio Leal & Danielle Domingos ,para fazer 12 apresentações didáticas nas unidades do SESI para estudantes. Em 2015 leciona no Seminário de Improvisação Brasileira em Florianópolis (E vento realizado pelo Itau Cultural) e também participa da mesa redonda com o tema:

“O Brasil Folclórico, Popular e Erudito” com Benjamin Taubkin, O crítico Antonio Carlos Miguel e mediação de José Miguel Wisnik . Em 2018 é finalista do concurso Samsung E- Festival com seu grupo Brazú Quintê. Em 2018 grava com Hermeto Pascoal o CD “Hermeto Pascoal & Big Band” . Esse mesmo Album ganhou o Grammy Latino 2019 . Em 2018 é selecionado pelo PROAC para gravar  e fazer Shows com seu grupo Brazú Quintê.

Tocou com grandes artistas da cena musical brasileira como: Heraldo do Monte, Nenê, ,Toninho Ferraguti , Vanessa Moreno, Carol Panesi, Fabiana Cozza Cuca Teixeira, Edu Ribeiro ,Fábio Torres etc.. e durante sua carreira já gravou 8 Cds. 

É graduado em pedagogia ,em 2017 foi convidado pelo Guri Santa Marcelina para ser Regente Convidado da Big Band Jovem, foi  professor do Conservatório de Tatuí por  17 anos  além de lecionar aulas particulares, workshops e também já participou de importantes festivais do Brasil como Oficina de Curitiba, Festival de Ourinhos, Festival de Maringá, Festival de Londrina.

AJURINÃ ZWARG – bateria e percussão – Ajurinã  é baterista, percussionista, saxofonista e produtor musical. Iniciou  a sua carreira aos 15 anos como baterista e percussionista da Itiberê orquestra família, com a qual gravou vários álbuns e tocou durante mais de 15 anos. 

Atualmente, integra o Itiberê Zwarg e Grupo, com o qual gravou o álbum “Identidade” e o DVD “Na Tela da Imaginação”.

Tocou com grandes nomes da música como: Hamilton de Holanda, Elza Soares, Beth Carvalho, Aldir Blanc, Yamandú Costa, Arismar Espírito Santo, Harvey Wainapel, Daniela Spielmann, Vitor Biglione, Nicolas Krassik e Carlos Malta e etc.. 

Gravou os cds: (Mundo Verde Esperança) Hermeto Pascoal, (Pedra do Espia 2001, Calendário Do Som 2005 e Contrastes 2009) Itiberê Orquestra Família, (Amigos Brasileiros) Harvey Wainapel, (Pra Começo de Conversa) Marcos Alves, (Herói) Edu Kneip, (Quem Vai Comprar Nosso Barulho) Chicas e nos CD e DVD (Em tempos de Crise Nasceu a Canção ) . 

No ano de 2014 se tornou o baterista oficial de Hermeto Pascoal. Com Hermeto Pascoal e Grupo, tocou em muitos países pelo mundo como França, Espanha, Alemanha, Holanda, Itália, Israel, Argentina, Uruguai e etc. Hoje Ajurinã tem a sua carreira dedicada aos grupos de Hermeto Pascoal e Itiberê Zwarg, e a seus alunos no Rio de Janeiro.